Destaques

CEO da Eletronic Arts afirma que lançamentos anuais do game FIFA podem acabar

Andrew Wilson acredita que o futuro dos jogos desportivos passa pelas subscrições
Compartilhe
  • 6
    Shares

Essa tradicional espera pelo lançamento do próximo FIFA pode acabar. Ao menos com essa lógica atual em que a cada ano o game é lançado em um formato totalmente novo (FIFA 19, FIFA 20 etc).

Quem fez esta previsão foi o próprio CEO da EA, Andrew Wilson, que põe suas fichas em um futuro baseado em subscrições. Segundo ele, o modelo de negócio atual, que gira em torno da lógica do lançamento anual, pode estar com os dias contados.

Em entrevista à Bloomberg, o executivo revelou a possibilidade de passar a operar no modelo de subscrições, ou seja: as atualizações mais relevantes poderão ser adquiridas como um conteúdo digital. Nesse modelo, a compra de um FIFA pode se transformar em uma assinatura com pagamento anual e suporte permanente para qualquer eventual update que venha a surgir.

Para Wilson, o movimento que está levando os games cada vez mais para os formatos digitais pode ajudar bastante nesta mudança, pois há margem de manobra maior para que o jogo passe a ser visto com um serviço. Essa transição também poderá fazer com que a indústria se livre de uma vez por todas da pirataria que vende as cópias físicas.

Mas Andrew deixa bem claro: “é só uma hipótese”. Não ha certeza, tampouco prazos, valores, nada. Apenas um caminho que já vem sendo discutido na EA Sports.

tirolivre.net

EA Sports / FIFA 19

Compartilhe
  • 6
    Shares

Você vai gostar disso